Navegación – Mapa del sitio

A revista

A revista eletrônica Ponto Urbe (ISSN 1981-3341), publicada pelo NAU - Núcleo de Antropologia Urbana, vinculado ao Departamento de Antropologia da USP e credenciado pelo CNPq, é um veículo de periodicidade semestral, destinado à  difusão  e discussão de trabalhos, ensaios, resultados parciais de pesquisas e propostas teórico-metodológicas da Antropologia Urbana  e de áreas afins, bem como à divulgação de eventos de interesse sobre essa temática. O principal objetivo é inaugurar um novo espaço de discussão e divulgação da produção de pesquisadores de diferentes universidades do país e do exterior, incluindo alunos de graduação, pós-graduação e docentes nesse campo do conhecimento. A publicação apresenta as seguintes seções: ArtigosCir-kulaTraduções (de textos raros ou atuais, não disponíveis em português), Entrevista (com pesquisadores consagrados no campo da Antropologia Urbana Brasileira), Etnográficas (relatos de campo resultados de pesquisas em andamento), Resenhas. A Ponto Urbe está no ar, ininterruptamente, desde 2007, com oito edições.

A publicação se propõe abrir espaço também para contribuições de autores que, sem serem antropólogos, circulam em nosso meio e  utilizam conceitos, métodos e estratégias de pesquisa próprias da antropologia como forma de problematizar e ampliar o horizonte dos recortes de estudo em suas próprias áreas. Por isso, a existência da sessãoCir-kula. A referência à conhecida instituição de troca descrita  pelo antropólogo Bronislaw Malinowski e retomada  por Marcel Mauss, em seu famoso “Ensaio sobre a Dádiva”, aponta na  direção da abertura para contatos mais ampliados.

A Ponto Urbe surgiu da  necessidade de  criar um veículo ágil que contemplasse a publicação de trabalhos acadêmicos, de diversas linhas de pesquisa dentro da temática urbana. Sua Comissão Editorial entende que a produção acadêmica, resultado de condições  de trabalho garantidas pelos pressupostos da  universidade pública, deve estar disponível e circular da forma mais ampla possível. A revista, aberta a colaborações que se ajustem a seu formato e proposta editoriais, tem como metas a democratização do conhecimento antropológico e a produção de um espaço para discussão dos trabalhos relacionados à Antropologia Urbana e em diálogo com outras áreas do conhecimento.

Política de acesso livre

A Ponto Urbe disponibiliza acesso totalmente livre ao seu conteúdo, já que nosso objetivo é democratizar o conhecimento antropológico. Dessa forma, convidamos as bibliotecas a listar o periódico em seus catálogos de revistas eletrônicas.

  • Logo Núcleo de Antropologia Urbana da USP
  • Logo Universidade de São Paulo
  • Revues.org