Skip to navigation – Site map

Como colaborar

Como Colaborar

A revista aceita contribuições nos seguintes formatos: artigos, traduções, resenhas, entrevistas, relatos de campo, vídeos etnográficos, ensaios fotográficos e notícias. O colaborador pode enviar seu trabalho para o e-mail: pontourbe@usp.br.

Artigos

A Ponto Urbe recebe para publicação artigos vinculados ao campo da Antropologia, em geral, e das diversas linhas de pesquisa da temática urbana. Os artigos devem ser inéditos, conter no máximo 10.000 palavras (incluindo bibliografia), indicar título, resumo entre 100 e 150 palavras, um elenco de 5 palavras-chave (separadas por ponto e vírgula), todos em português e inglês, identificando seu conteúdo. Caso o artigo esteja em idioma estrangeiro, devem ser enviados também título, resumo e palavras-chave em português. Solicita-se que, caso o artigo apresente imagens, que as mesmas sejam enviadas no corpo do texto, com legenda e indicação de autoria. Os artigos destinados à seção Cir-kula, que divulga textos de outras áreas, mas em diálogo com a Antropologia também devem seguir as orientações aqui estabelecidas.

Traduções

A revista publica traduções de textos raros ou atuais referentes ao campo da antropologia não disponíveis em português. Os tradutores devem ter autorização do autor e da editora. As traduções devem ser acompanhados de nomes dos tradutores, titulação e apresentação da instituição de origem. As traduções devem ser inéditas.

Resenhas

A Ponto Urbe publica resenhas inéditas de obras recentes ou clássicas da Antropologia Urbana e de áreas afins. As resenhas devem indicar a referência bibliográfica do trabalho resenhado. Não devem ultrapassar 2.400 palavras e devem ser acompanhadas de nome do(s) autor(es), endereço(s) eletrônico(s), além de titulação e filiação institucional. A referência bibliográfica da obra resenhada deverá vir no início, obedecendo a seguinte forma:

GEERTZ, Clifford. A Interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1989, 325pp.

Entrevistas

Devem ser inéditas e relacionar-se ao campo da antropologia como também a experiências, intervenções urbanas e temas afins. A entrevista deve ser acompanhada de texto de apresentação com no máximo 800 palavras.

Relatos de campo (seção Etnográficas)

A revista publica curtos relatos de campo, experimentos etnográficos ou reflexões sobre trabalhos ainda em desenvolvimento. Os textos devem inéditos e conter no máximo 4000 palavras, incluindo bibliografia.

Vídeos etnográficos

Devem ter curta duração (máximo de 09 minutos) e referir-se a experiências, intervenções urbanas e temas afins. Os autores devem enviar o link do vídeo etnográfico para o e-mail da Ponto Urbe acompanhado do título e de texto de apresentação com no máximo 500 palavras. Os currículos dos autores devem ser enviados em anexo.

Ensaios fotográficos

Devem referir-se a experiências, intervenções urbanas e temas afins, contendo entre 5 e 10 fotografias. O envio do ensaio fotográfico para a seleção deve ser efetuado via e-mail, acompanhado de texto de apresentação com no máximo 500 palavras. O arquivo do ensaio fotográfico não deve exceder a 5MB. Os ensaios devem indicar título, em português e inglês, e nomes dos autores. Cada fotografia deve ser, no caso de haver mais de um autor, acompanhada da indicação do nome e do ano. Legendas são opcionais. Os currículos dos autores devem ser enviados em anexo.

Normas para apresentação de colaborações

Serão aceitos trabalhos nos seguintes idiomas: português, italiano, espanhol, francês e inglês.

Todos os textos devem ser enviados em formato Microsoft Word (.doc ou .docx). O arquivo deve ser nomeado conforme a contribuição do autor. Exemplo: artigo_Joao_da_Silva.

Os trabalhos devem estar digitados em página A4, fonte Times New Roman, corpo 12, espaçamento 1,5 cm, com margens esquerda/direita 2,5 cm, cabeçalho/rodapé 3 cm.

As notas devem conter informações complementares e substantivas, não podendo consistir apenas de referências bibliográficas.

A página de rosto deverá conter título do artigo, nome do(s) autor(es), endereço(s) eletrônico(s), além de titulação e filiação institucional.

As referências bibliográficas no corpo do texto devem seguir o formato: sobrenome do autor/espaço/ano de publicação/dois pontos/página. Exemplo: (Sahlins 1995:43-47).

As citações diretas com mais de três linhas, no texto, devem ser destacadas com recuo e corpo menor de letra, sem aspas, em espaço simples. Trechos de entrevistas e transcrições das falas dos nativos devem seguir a mesma norma. Exemplo:

[…] a etnologia só poderia ter nascido como uma ciência no momento em que um de-centramento aconteceu: no momento em que a cultura europeia e consequentemente, a história da metafísica e de seus conceitos foram deslocados, movendo-se de seus locus, e forçada a parar de considerar a si mesma como a cultura de referência" (Derrida 1972:251).

Referências bibliográficas

Para as referências bibliográficas, dispostas em ordem alfabética no final do trabalho, respeitar as instruções abaixo. Se houver mais de um título do mesmo autor no mesmo ano, eles serão diferenciados por uma letra após a data (Mauss 1960a; Mauss 1960b).

Livro

INGOLD, Tim. 2000. The Perception of the Environment. Essays in Livelihood, Dwelling and Skill. Londres/Nova York: Routledge.

Coletânea

ARANTES, Antonio Augusto (org.). 2000. O Espaço da Diferença. Campinas: Papirus.

Artigo de coletânea

FERNANDES, Florestan. 1976. "Aspectos da Educação na Sociedade Tupinambá". In: E. Schaden (org.), Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo: Cia. Editora Nacional. pp. 63-86.

Artigo em periódico

PEREIRA, Alexandre Barbosa. 2010. “As marcas da cidade: a dinâmica da pixação em São Paulo”. Lua Nova n.79: 143-162.

Tese acadêmica

GUIMARÃES, Patrícia. 1997. Ritos do Reino de Deus: pentecostalismo e invenção ritual. Rio de Janeiro: Dissertação de Mestrado em Antropologia Social, UERJ.

  • Logo Núcleo de Antropologia Urbana da USP
  • Logo Universidade de São Paulo
  • Revues.org