Skip to navigation – Site map

Editorial

José Guilherme Cantor Magnani

Full text

1A edição de número 9 da revista eletrônica do NAU, Ponto Urbe, apresenta na seção Artigos seis contribuições: a da prof. da ECA/USP Lúcia Maciel Barbosa que toma a feira Kantuta, ponto de encontro de imigrantes bolivianos na capital paulistana, para pensar a interculturalidade no contexto urbano contemporâneo; Urpi Montoya, da UFBA traz uma comparação entre Lima, no Peru e Rio de Janeiro dos começos do século XX, a partir de crônicas costumbristas e dos escritos de João do Rio; Mayara Gonzalez de Sá Lobato, do PPGAS/RJ, faz uma etnografia da praça Serzedelo Correia em Copacabana; Maristela Oliveira de Andrade e Adjane Araújo (Prodema/UFPB) investigam o sentido do lazer na prática do excursionismo, na praia; Gilberto Geribola Moreno (FE/USP) discute questões de gênero em espaços de lazer na periferia de São Paulo; Alexandre Paz Almeida (PPGS/UFPB) analisa sociabilidade num bairro popular de João Pessoa (PB).

2A seção Cir-kula, destinada a divulgar textos de outras áreas, mas em diálogo com a Antropologia, traz a contribuição de Sandra Siqueira da Silva (PPGDS/Unimontes) sobre patrimônio cultural material e imaterial, vistos do ponto de vista da ciência e do senso comum. Juliana Schmitt (PPGH/USP) traz um ensaio sobre a experiência urbana oitocentista, no contexto do surgimento da modernidade.

3Graduação em Campo: trata-se de uma seção que aparece na edição do segundo semestre da Ponto Urbe, pois destina-se a divulgar trabalhos de alunos de graduação que foram apresentados no evento Graduação em Campo, organizado pelo NAU. Neste ano foram selecionados seis: de Amanda Alves Migliora (UFRJ); Carolina Cordeiro Mazzariello (USP); Eduardo Doering Zanella (UFRGS); Felipe Brito Macedo (FGV); Fernanda C. Matos (UNIFESP); Lucas Bernasconi Jardim (UNICAMP).

4A seção Entrevista traz o depoimento (compilado por Lilian de Lucca Torres) do pesquisador e professor da UFRJ, antropólogo Peter Fry, quem fez a conferência de abertura do evento Graduação em Campo, em setembro de 2011.

5A seção Tradução, que vem despertando bastante interesse, por disponibilizar textos atuais, de bastante procura por alunos e professores, neste número traz mais um capítulo - “‘People like us’. The concept of the anatomically modern human”, do livro de Tim Ingold, The perception of the environment. Essays on livelihood, dwelling and skill. London and New York: Routledge, 2000, traduzido por Ciméa Beviláqua.

6A secção Etnográfica, aberta a curtos relatos de campo, apresenta uma boa variedade: “Visita ao Centro Cultural Jerusalém”, na sede da IURD, Rio de Janeiro, de Carlos Gutierrez; “Etnografia de uma escola brasileira no Japão”, de Alvaro Kanashiro; “Rua Augusta: Imaginários Urbanos em diálogo”, de Yara Schreiber Dines; “México sincrético”, de José Guilherme Magnani; “Setembro Azul: mobilização política nacional a favor das escolas bilíngües para surdos”, de César Assis Silva e Cibele Assensio e "Observações do não-observável: breve relato sobre o I Encontro Ayahuasca e o Tratamento da Dependência”, de Katerina Volcov, Henrique Antunes, Roberta Costa e Marcelo Mercante.

7E, por último, a secção Resenhas: A Era das Catedrais, de Edlaine Gomes, editora Garamond, por Carlos Gutierrez e Antropologia da Cidade, de Michel Agier, Editora Terceiro Nome, por Enrico Spaggiari.

8Prof. Dr. José Guilherme Cantor Magnani

9Editor

Top of page

References

Electronic reference

José Guilherme Cantor Magnani, « Editorial », Ponto Urbe [Online], 9 | 2011, Online since 17 April 2014, connection on 25 November 2017. URL : http://pontourbe.revues.org/1201

Top of page

About the author

José Guilherme Cantor Magnani

By this author

Top of page

Copyright

© NAU

Top of page
  • Logo Núcleo de Antropologia Urbana da USP
  • Logo Universidade de São Paulo
  • Revues.org